Mais de 70 anos de leilões

A história da leiloaria na família Chaves começou no ano de 1923 quando o jovem Álvaro foi nomeado leiloeiro da recém formada equipe Antonio de Paula Affonso, na Bolsa de Mercadorias do Rio de Janeiro. Seu primeiro pregão se realizou em 8 de dezembro de 1934, à rua São José, centro da então capital federal. Em 1967, Murilo seguiu os passos do pai unindo forças para liderar a leiloaria por mais de 30 anos no estado do Rio. Formado em engenharia mecânica, Murilo aperfeiçoou e ampliou a estrutura de avaliação e vendas de veículos, equipamentos industriais e máquinas pesadas. Atualmente Murilo Chaves conta com uma estrutura dividida entre dois depósitos industriais na área metropolitana do Rio, dois no interior do estado e um escritório central com auditório multimídia no centro da cidade. O permanente aperfeiçoamento desta estrutura em benefício de vendedores e compradores assegura a Murilo Chaves um lugar entre os maiores leiloeiros do país.

Leilões Históricos

Ao longo de todos estes anos foram realizados inúmeros leilões de relevância internacional, conheça alguns deles.
  • 27/04 - 1º Leilão do depósito de Resende.

    Em Abril de 2006 foi realizado com total sucesso o leilão que marcou a inauguração do depósito de Resende. Este depósito foi construído para atender empresas e prefeituras da região. Neste primeiro leilão foram vendidos bens das prefieturas de Resende e Itatiaia e de empresas da região, entre elas Dormentes do Brasil - Dorbrás e Carboox.
  • 05/10 - Vagões Ferroviários Série 800.

    Em Outubro de 2005 Murilo Chaves apregoou com sucesso 83 Vagões Ferroviários Série 800. Localizados no canteiro de obras do Estádio Olímpico João Havelange - Antiga oficina do Engenho de Dentro - Rio/RJ.
  • Mais de 830 Toneladas de sucata ferrosa e não ferrosa.

    Em setembro de 2005 Murilo Chaves vendeu uma grande quantidade de Sucata (ferrosa e não ferrosa) de Furnas, sendo, 1.000Kg de Sucata de Alumínio; 3.000Kg de Sucata Mista; 17.500Kg de Sucata de Cabos de Cobre e 815.500Kg de Sucata Ferrosa. Além de Caminhões e Veículos diversos.
  • 180 Toneladas de Peças, Óleos, Máquinas, Veículos e Equipamentos.

    Aproximadamente 180 toneladas de partes e peças de pórtico transportador e carregador de minério além de 388 toneladas de óleo combustível naval MF-40, dentre diversos outros bens. Agosto de 2005.
  • Navio Expedicionário Barão de Tefé.

    O barco, da Marinha do Brasil, que levou a primeira expedição brasileira oficial ao continente Antártico foi arrematado em 2002.
  • Casa de Oscar Niemeyer.

    Mansão projetada pelo célebre arquiteto brasileiro localizada no Leblon, bairro nobre do Rio de Janeiro. Apregoada em agosto de 2001.
  • Custódio de Mello, Navio-transporte da Marinha Brasileira.

    Embarcação utilizada pela marinha para o transporte de tropas e suprimentos, vendida em 2004.
  • Figurinos da Xuxa.

    Leilão em benefício da Fundação Xuxa Meneghel e da Abrinq, realizado em 2004. Cerca de 200 vestidos foram doados pela apresentadora.
  • 20 Aviões Bandeirante.

    Em 1998 a Força Aérea Brasileira ofereceu em leilão uma esquadrilha de Bandeirantes sob o martelo de Murilo Chaves. E mais 40 turbinas sobressalentes Pratt & Whitney.
  • 8 Agências do Banco do Brasil.

    Seguindo a tendência do mercado, o Banco do Brasil desmobilizou alguns de seus imóveis vendendo algumas de suas agências mais importantes no leilão de janeiro de 2004.
  • Submarino Tonelero.

    Aposentado pela Marinha do Brasil, o Tonelero foi levado a leilão no ano de 2004.
  • 50 Agências do Bradesco.

    Em 2003/04 Murilo Chaves vendeu os pontos mais importantes da rede Bradesco em todo o Estado do Rio. O comprador tinha financiamento do banco para adquirir o imóvel e um contrato de aluguel de 10 anos prorrogáveis por mais dez, para a permanência da agência ali instalada.

Rod.Presidente Dutra, 748 (1ª passarela sentido SP), Jardim América - Rio de Janeiro-RJ CEP 21240-002 | Tel: (21)2474.3304